sexta-feira, 20 de outubro de 2017

O ESTAR SOZINHO, O ESTAR SOLITÁRIO

RELEXÃO
· Estar sozinho... Estar solitário...
· Determinadas questões são cruciais para a meditação e envolvem níveis profundos de consciência...
Para que O Mundo em que vivemos se sustente é vital que seja estimulado o medo da solidão que alimenta toda essa Indústria Artificial e Superficial do Entretenimento; bem como a composição de Grupos Sociais de Solidão...
Essa programação predominantemente mental (apartada do equilíbrio necessário entre o Ser o Sentir e o Pensar...) - dá Vida “as Pessoas” que por sua vez estão condicionadas pelos padrões de “uma Sociedade” que estabelece um conjunto de valores a serem seguidos (de forma cada vez mais artificial e distante da Essência do SER) - pretensamente funcionando como um antídoto para evitar / adiar o mergulho consciente que a meditação concede aquele que se dispõe a compreender a essência dessa questão:

- O Estar sozinho... // - O Estar solitário.
             
                 Claudio Pierre
//////
Meu Comentário:

Eis uma questão crucial para reflexão - face ao conjunto de "valores artificias" desse Plano.

Evidentemente reflexões dessa natureza, que buscam focar na Essência do problema... Soam como uma especie de "idioma incompreensível" para aqueles que se permitem reféns da multidão
teleguiada por uma "causa vazia"...

Mas já me acostumei em ser classificado como um alienígena "desse mundo" - por minhas teses e ideias.

Portanto, qualquer que seja o juízo, fico tranquilo, pois creio que:

- Existe um Alienígena na Essência de cada Ser.


Claudio Pierre

sábado, 14 de outubro de 2017

SUPOSIÇÕES... (A Educação)

Embora cada senso realizado sobre a Educação no Brasil aponte níveis alarmantes de qualidade, a propaganda oficial da hora (como de hábito), insiste em alardear um quadro de recuperação fictício, pois não ataca frontalmente com seriedade a reforma de uma estrutura arcaica – começando pelo investimento maciço em estrutura e valorização dos agentes que estão na linha de frente.

=> Principalmente impedindo que a “politicagem” coloque pessoas desqualificadas na gestão da Educação.

Ademais, enquanto o filho de nossos “supostos representantes” – têm condições de estudar nas melhores escolas no Brasil ou no exterior (patrocinados pelos impostos com que pagamos seus salários...) 

- Como pode haver interesse em modificar algo para a qualidade do ensino do Povo que “eles” dizem representar?

Ainda assim, em nível doméstico, na ótica da Sociedade Artificial e de parte da mídia – é suposto que somos de fato, evoluídos quando na maioria das situações, sob esse “esquema”:

 => “Adquirimos” o “status” de ter um Curso de Nível Superior, no “mercado de compra e venda” que vende diplomas - mesmo que na prática tenhamos sido meramente assistentes de aula...


=> Não é razoável o senso de maturidade em uma estrutura social, cujo principal objetivo é almejar o status artificial de um mundo de “faz de conta”. 

Reconhecer verdadeiramente a essência de um problema, é a melhor forma de tentar solucioná-lo.




Claudio Pierre 

sábado, 7 de outubro de 2017

REFÉNS

REFÉNS

No andamento frenético do Mundo Veloz, o compasso desregulado dá o tom nas relações interpessoais...

Dessa forma, afiguram-se como “normais” certos comportamentos, gerando sensações artificiais de “conexão” com o “mundo moderno da hora”, que a propaganda tanto estimula, como fomento para o lucro fácil, voltado para o seu público alvo preferencial – As massas...

Assim, sob a hipnose dessa batida frenética do Relógio Humano – que tem muita pressa...

=> Consideramos que estamos devidamente “conectados” ao mundo, só pelo fato da possibilidade de termos indiscriminadamente milhares de amigos virtuais ao alcance de nossos dedos; bem como, quando estamos no meio de aglomerações pontuais de multidões em eventos midiáticos – geralmente “aparentemente” acompanhados; mas, nunca tão solitários...

Mesmo quando em grupo, onde poderíamos trocar aquilo que há de mais nobre – no Presente...

A atenção está dividida para os múltiplos compromissos (Futuros...) que virão ao longo do dia – pois essa é a cobrança / exigência que supostamente preencherá o vazio...

Pois, quando levamos em conta a imposição de um sistema que molda e padroniza determinadas condutas “sociais”...

- Dizemos sim, quando gostaríamos de dizer não...
- Dizemos não, quando em nosso íntimo gostaríamos de dizer sim...


Por isso, o ideal original é constantemente subjugado pelas “leis do mercado”...

Talvez, por isso, de modo geral:

Palavra, Sentimento e Ação, sejam elementos tão dissociados e irreconciliáveis no âmbito das relações, pois decididamente não há espaço para relativa harmonia sob essa dinâmica aflita do tic-tac que rege esse Plano.

É difícil, mas Crescemos a cada dia quando nos dispomos a não sermos Reféns dos inevitáveis Conflitos com os quais nos deparamos ao longo do Caminho.




Claudio Pierre 

PENSO DIFERENTE...


POLITICAMENTE CORRETO não é fazer e imitar mecanicamente o que os “outros” estão 

fazendo – só pelo sentido de “agradar”, de ser “aceito”...


Mas sim, fundamentalmente 

=> buscar sintonia possível com o exercício do seu livre 

arbítrio simplesmente adotando a máxima atemporal:


- “Não faça para os outros, o que não quer que façam para Você”.




Claudio Pierre     

sábado, 23 de setembro de 2017

A CONTEMPLAÇÃO

A CONTEMPLAÇÃO


De Passagem por este Plano
Falo de coisas simples...
Talvez menos interessantes
Para quem optou pela Ilusão de valorizar e perseguir o padrão
“Celebridade da Hora” que tanto agrada às Massas...

Embora saiba que Este Universo em que habito
Seja também um Devaneio
Algo me diz que embora conviva em meio as Luzes Atormentadas das
Cidades

Devo continuar fluindo sob a direção do meu Céu Interior
Contemplando a regência de minha Alma de Lua.


                 Claudio Pierre  

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

AS TRAGÉDIAS

As tragédias:

Tanto as Naturais; como

Aquelas que derivam da insanidade do homem através do inebriamento causado pela obtenção de um Artificial Poder que supostamente nesse Plano => delimitam e definem a “superioridade” de um Ser sobre outro...

Não são suficientes para sensibilizar e restabelecer aquilo que é tão óbvio e simples na Essência...

=> Em nossa Condição Humana somos pequenos! 

E em função disso, deveríamos relativamente atuar com a consciência sobre o sentido da Unidade ao nosso redor enquanto temporariamente nessa Dimensão Transitória que nos encontramos.


Claudio Pierre 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

PONTO ALIENÍGENA - "A QUALIDADE FABRICADA"...

PONTO ALIENÍGENA  - “A QUALIDADE FABRICADA”...


Sempre existiram "concepções de arte"...

Atualmente, aquela que ganha mais ênfase - se fundamenta mais no "marketing" do que na qualidade artística:
=> Um mercado que geralmente pouco se importa com a Essência do Belo; mas, sim com as cifras que determinado "produto" pode gerar.

Por isso, cada vez mais os Espaços para a manifestação de uma Arte Original são tão raros; pois estão voltados para a "massa fantoche" que segue os parâmetros fabricados das "Paradas de Sucesso" (?!?)...


Claudio Pierre